Atualização: Segunda a Sexta-feira

Domingo estamos de plantão

As informações foram inseridas neste site no dia: 17/01/2019

[Imprimir está página]

[Dê a sua opinião]

[Comunicar erros]

 


Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre o torneio


Edição deste ano terá árbitro de vídeo (VAR) a partir das quartas de final, e clubes ficam proibidos de passar mando de campo para o estádio adversário
O Campeonato Paulista de 2019 começa neste sábado ainda sem sua principal novidade: o uso do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês), reservado para as fases de mata-mata.
A ideia é acabar com as polêmicas de arbitragem que afetaram a final do Paulistão 2018, quando a batalha no STJD se encerrou cinco meses após o jogo decisivo entre Corinthians e Palmeiras, com derrota do Verdão primeiro nos pênaltis e depois nos tribunais.

A primeira fase do Paulistão tem duração de dois meses, de 19 de janeiro até 20 de março. Pelo regulamento, os times enfrentam adversários de outros grupos, e os dois melhores de cada chave avançam às quartas de final. O mata-mata será de 24 de março até 21 de abril, com ida e volta. Os dois piores times, independentemente dos grupos, serão os rebaixados.
Os grupos do Paulistão são os seguintes:

Grupo A: Santos, Ponte Preta, RB Brasil e São Caetano
Grupo B: Palmeiras, Guarani, São Bento e Novorizontino
Grupo C: Corinthians, Mirassol, Ferroviária e Bragantino
Grupo D: São Paulo, Botafogo-SP, Ituano e Oeste

O primeiro clássico de 2019 está marcado para a terceira rodada, dia 27 de janeiro, quando Santos e São Paulo se enfrentam na Vila Belmiro. Confira abaixo a ordem dos duelos entre os quatro grandes do estado:
3ª rodada - 27 de janeiro - Santos x São Paulo
5ª rodada - 2 de fevereiro - Palmeiras x Corinthians
7ª rodada - 16 de fevereiro - Corinthians x São Paulo
8ª rodada - 24 de fevereiro - Palmeiras x Santos
10ª rodada - 10 de março (a confirmar) - Corinthians x Santos
11ª rodada - 17 de março (a confirmar) - São Paulo x Palmeiras

O Paulistão também marca a volta de outro clássico tradicional do estado: o dérbi campineiro entre Guarani e Ponte Preta. Campeão da Série A2, o Bugre reencontra a Macaca na elite do estado depois de seis anos. O duelo será em 16 ou 17 de março (a confirmar), no Moisés Lucarelli.

O árbitro de vídeo
A Hawk-Eye Innovations, responsável por utilizar a tecnologia na Copa do Mundo da Rússia, será a responsável pela implantação do VAR. No total, o sistema estará presente em 14 partidas: oito de quartas de final, quatro de semifinais e os dois da final. O custo estimado pela Federação Paulista é de R$ 30 mil por jogo, bancados pela própria entidade.

Vetada a troca de mando
Está proibida a venda do mando de campo para o estádio do adversário. Por exemplo: se o São Bento enfrentar o São Paulo nas quartas de final, o time do interior não poderá levar ao Morumbi a partida de que é mandante. Mas o jogo poderá ser realizado na cidade do rival. Pegando o mesmo exemplo, significa que o São Bento poderia levar sua partida ao Pacamebu.

Inscrições
Cada clube deverá inscrever 26 jogadores no Paulistão. Mas com um adendo: haverá a permissão para se relacionar, em uma espécie de segunda lista, jogadores saídos das categorias de base, em número ilimitado. A data limite para a inscrição de novos jogadores é 22 de março. Os clubes poderão trocar quatro atletas da lista original.
Com informações Globo Esporte.com

 

 


 

[Imprimir está página]

[Dê a sua opinião]

[Comunicar erros]

   

 Must See Places In Paris